Zé da Luz – Ai! Se sêsse!…


Encontrei estes versos em: Jornal de Poesia – Remetente: Marcos Maia

Ai! Se sêsse!…

Se um dia nós se gostasse;
Se um dia nós se queresse;
Se nós dos se impariásse,
Se juntinho nós dois vivesse!
Se juntinho nós dois morasse
Se juntinho nós dois drumisse;
Se juntinho nós dois morresse!
Se pro céu nós assubisse?
Mas porém, se acontecesse
qui São Pêdo não abrisse
as portas do céu e fosse,
te dizê quarqué toulíce?
E se eu me arriminasse
e tu cum eu insistisse,
prá qui eu me arrezorvesse
e a minha faca puxasse,
e o buxo do céu furasse?…
Tarvez qui nós dois ficasse
tarvez qui nós dois caísse
e o céu furado arriasse
e as virge tôdas fugisse!!!

About these ads

9 thoughts on “Zé da Luz – Ai! Se sêsse!…

  1. EU AMO A LINGUÍSTICA.
    POIS TUDO AQUILO QUE O GRAMÁTICO NORMATIVISTA CONDENA, O LINGUISTA AMPARA.
    SÓ UM IDIÓTA NÃO ENTENDE DE POESIA… MUITO MENOS DE COMUNICAÇÃO.

  2. eu acho q patativa do assare influenciou muito na nossa cultura nordestina,mas hoje nao sabemos aproveitalas corretamente!por isso deixo aqui o meu recado;nois adolencentes q gostamos muito da net deveriamos aproveitar essa cultura

  3. A cultura nordestina é rica por suas histórias e lendas q contam bastante sobre as importantes pessoas q viveram nessa região tão importante e por isso deveriam ser + valorizadas do que já são

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s