Alvorecer do Sertão – Cascatinha e Inhana


Alvorecer do Sertão – Cascatinha e Inhana

Como é bonito
No sertão raiar o dia
Ver o sol aparecendo
Por de trás da serrania

Beijando quente
A campina vermejante
E o orvalhando refletindo
Como pedras de brilhante

Não, não, não há seu moço
Não há nem pode haver
Não há beleza maior
Ver o sertão amanhecer

No meu sertão
Tudo é belo é natural
Disperta a passarada
Num sublime festival

A lua brilha
Campo a noite encantamento
Parecendo a medalha
No peito do firmamento

Não, não, não há seu moço
Não há nem pode haver
Não há beleza maior
Ver o sertão amanhecer

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s