Otacílio Batista Patriota – Biografia


Retirado de Pernambuco de A/Z

Otacílio Batista Patriota

Poeta repentista, o mais novo dos três famosos irmãos Batista (além dele, Louro e Dimas), Otacílio Batista Patriota nasceu a 26 de setembro de 1923, na Vila Umburanas, São José do Egito, sertão pernambucano do Alto Pajeú.

Filho de Raimundo Joaquim Patriota e Severina Guedes Patriota, ambos paraibanos, Otacílio participou pela primeira vez de uma cantoria em 1940, durante uma Festa de Reis em sua cidade natal. Daquele dia em diante, nunca mais abandonaria a vida de poeta popular.

Em mais de meio século de repentes, participou de cantorias com celebridades como o Cego Aderaldo e outros. Conquistou vários festivais de cantadores realizados nos estado de Pernambuco, Ceará, Rio de Janeiro e São Paulo.

Entre os folhetos de Cordel que Otacílio publicou estão os seguintes: A Morte do Ex-Governador Dix-Sept Rosado; Versos a Câmara Cascudo; Peleja de Zé Limeira com Zé Mandioca; Peleja do Imperador Pedro II com o Rei Pelé. Todos consagrados junto aos leitores nordestinos.

Otacílio Batista publicou, ainda, vários livros. Entre os quais, destacam-se: Poemas que o Povo Pede; Rir Até Cair de Costas; Poema e Canções; e Antologia Ilustrada dos Cantadores, este último com F. Linhares. Versos de Otacílio foram musicados pelo compositor Zé Ramalho, dando origem à canção “Mulher Nova Bonita e Carinhosa”, gravada inicialmente pela cantora Amelinha e depois pelo próprio Zé Ramalho. A canção foi tema de uma filme brasileiro sobre Lampião, o Rei do Cangaço.

Otacílio Batista Patriota morreu a 05 de agosto de 2003, na cidade de João Pessoa, Paraíba.

:: Otacílio Batista segundo o poeta Manuel bandeira

Depois de ouvir Otacílio Batista cantar durante um festival de violeiros realizado no Rio de Janeiro, o poeta Manuel Bandeira os seguintes versos:

Anteontem, minha gente,
Fui juiz numa função
De violeiros do Nordeste
Cantando em competição,
Vi cantar Dimas Batista,
Otacílio, seu irmão,
Ouvi um tal de Ferreira,
Ouvi um tal de João.
Um a quem faltava um braço
Tocava cuma só mão;
Mas como ele mesmo disse,
Cantando com perfeição,
Para cantar afinado,
Para cantar com paixão,
A força não está no braço,
Ela está no coração.
Ou puxando uma sextilha,
Ou uma oitava em quadrão,
Quer a rima fosse em inha
Quer a rima fosse em ao,
Caíam rimas do céu,
Saltavam rimas do chão!
Tudo muito bem medido
No galope do Sertão.
A Eneida estava boba,
O Cavalcanti bobão,
O Lúcio, o Renato Almeida,
Enfim toda comissão.
Saí dali convencido
Que não sou poeta não;
Que poeta é quem inventa
Em boa improvisação
Como faz Dimas Batista
E Otacílio seu irmão;
Como faz qualquer violeiro,
Bom cantador do Sertão,
A todos os quais humilde
Mando minha saudação.”

Mulher Nova Bonita e carinhosa
(Otacílio Batista e Zé Ramalho)

Numa luta de gregos e troianos
Por Helena, a mulher de Menelau
Conta a história que um cavalo de pau
Terminava uma guerra de dez anos
Menelau, o maior dos espartanos
Venceu Paris, o grande sedutor
Humilhando a família de Heitor
Em defesa da honra caprichosa
Mulher nova, bonita e carinhosa
Faz o homem gemer sem sentir dor.

A mulher tem na face dois brilhantes
Condutores fiéis do seu destino
Quem não ama o sorriso feminino
Desconhece a poesia de Cervantes
A bravura dos grandes navegantes
Enfrentando a procela em seu furor
Se não fosse a mulher mimosa flor
A história seria mentirosa
Mulher nova, bonita e carinhosa
Faz o homem gemer sem sentir dor.

Virgulino Ferreira, o Lampião
Bandoleiro das selvas nordestinas
Sem temer a perigos nem ruínas
Foi o rei do cangaço no Sertão
Mas um dia sentiu no coração
O feitiço atrativo do amor
A mulata da terra do condor
Dominava uma fera perigosa
Mulher nova, bonita e carinhosa
Faz o homem gemer sem sentir dor.

:: Discografia

Cantador, verso e viola (1974) Rozemblit
Gigantes do improviso (1974) CBS
Verso, viola, verso (1975) Rosemblit
Monstro sagrado do improviso (1978) Continental

Anúncios

17 comentários em “Otacílio Batista Patriota – Biografia

  1. Espetaculoso o cordel “O peido que a nega deu”
    É toda a graça do artista colocada em simples literatura de cordel, tirando certos preconceitos populares de que peidar é vergonhoso.

    1. Em ” O peido que a nega deu ” , vemos um extremo exercício de racismo, dentre outras denominações, características de uma era que filnalmente enterra seus ícones, dos quais destaco o Sr Otacílio como um natimorto, que vela e revela uma raiva travestida de hironia em fluentes rimas, e de doentes pré-conceitos de cor e classe.
      Ser lembrado por toda vida por uma forte inspiração como “O peido..” Faz-me rir de pena!
      Faz-me peidar de rir de pena do poeta!!
      Que pena poeta…
      Que pena…

      1. Que penaTito,você realmente,além denão ser poeta, não tem sensibilidade e muito menos conhecimento do que é a cultura dospoetas violeiros. Não julgue Otacílio Batista com racista, você deve sermuitopequeno paraisso.
        Renato

      2. Pena tenho eu de beócios como vc , que nem deveriam estar lendo essas coisas de total entendimento para o tipo de mentalidade que vc tem!!! Deixe o mundo acontecer e não meta o bedelho no que não sabe o que é! Aí,sim…vc dará idéia da sabedoria que não tem!!!Deixe pois a idiotia de lado se quer aprender e pergunte a quem realmente sabe ler uma poesia, seu tito!!!

  2. O Otacilio é fora de série. Ele valoriza o peido, o que é importante( risos), dá uma dimensão ao cu e quebra esse preconceito besta que muitos têm de que peidar é falta de compostura. (risos)
    Um cabra desse deveria viver mais uns 200 anos!!!!

  3. Otacílio Batista foi um gênio em sua época, marcando muitas gerações com sua poesia simples, de fácil entendimento. Deixou um legaado que jamais será imitado. Sua voz, sua poesia, sua capacidade de improviso, sua inteligência, jamais será encontrada em outro poeta cantador.

  4. Otacílio, o patriota
    no nome e na canção
    se tivesse de dar uma nota
    qualquer número seria em vão
    esse grande menestrel
    foi recebido no céu
    con honra e salvação.

    Mariano F. da Costa

    Dona Inês – PB

  5. tive oportunidade de assistir
    esse vate em cantoria
    o campeão do repente
    dismonchando em poesia
    ao lado de oliveira
    são poetas de primeira
    lá no céu fazem fila…

    para assistir o grande bardo
    que a sete anos partiu
    o céu se tornou mais largo
    para quem na terra não assistiu
    não faltará oportunidade
    Otacílio é raridade
    no mundo e no Brasil.

    Mariano F. da Costa

    Dona Inês – PB

  6. inspirei-me nos batistas
    Otacílio foi primeiro
    dos poetas violeiros
    do topo dos repentistas
    este campeão das pistas
    da formula um do repente
    a sua escrita e pra gente
    uma sincera mensagem
    vou seguindo seus concelhos
    sua historia e um espelho
    que reflete sua imagem

    poeta araçajiense José Veríssimo

  7. Eu conheci Dimas e Otacilio na cidade de Tabuleiro do Norte-CE. onde foram casados e fizeram familia. Grandes poetas e homens valorosos. Participaram ativamente da vida da cidade. Dimas Diretor de Colégio e comerciante e proprietário e candidato a Prefeito e Otacilio vereador e Presidente da Câmara de vereadores naquela gestão e cuidador da Capela de Santo Antonio, naquela cidade que fazia a distribuição de víveres para os mais necessitados. Obra precursora do hoje famoso Bolsa Familia.. Convivi com ambos durante os 6 anos que naquela cidade morei e seus familiares que ainda hoje são meus amigos. Dimas autodidata se graduou em Filosofia e depois em Direito, tendo exercido a advocacia.

    1. Prezado:

      Muito nos honra com sua presença aqui, através de comentário tão pertinente! Nós simplesmente ADORAMOS saber desse fato, de que Dimas laureou-se em Direito e Filosofia! Ficamos muito felizes.

      No mais, fique com aquele abraço Romançal! \o/

  8. Preciso com urgencia saber se tem algum responsável pelas obras do Otacílio, pois pretendo usar o cordel “O peido que a nega deu” , um dos melhores que já li, em uma peça de teatro que estou escrevendo, preciso da autorização do responsável, fazendo assim uma homenagem ao grande OTACÍLIO,obrigado por me ajudarem, meu email é tdbcarlos@yahoo.com.br ( Joaíma-MG) URGENTE

  9. Otacilio cantando em s. paulo com dimas ele disse: Meu irmão anda meio atrapalhado em são paulo fazendo papel feio, ainda ontem entramos no correio, e perguntou-me se ali era um mercado, depois viu um maniquin enfeitado, numa casa de moda la na praça, ele disse olha a moça achando graça, parece que ela esta doida por mim, e partiu pra beijar o maniquin, quase quebra o fucinho na vidraça.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s