Dicionário Itapetinês


Peguei esse dicionário no blog do sr. Paulo Sérgio Patriota – ACESSEM!

DICIONÁRIO ITAPETINÊS

(Nota: este dicionário do nosso dialeto vai ficar sendo atualizado todo dia,portanto quem for se lembrando de nossos termos é só enviar e-mail ou deixar no nosso Mural).

A

ABILOLADO: indivíduo ingênuo
ACUMA É: quanto é? perguntando o preço de um produto. (Colaboração de Fernando Vilar Santos)
APERCATA: (no plural,vira um espantoso “zapregata”) qualquer tipo de chinelo (lembrado por Lívia)
ARIADO: sem rumo,desorientado
ARRILIQUE: remédio
ASSUNTANDO: bisbilhotando. (Lembrado por Fernando Vilar Santos). Exemplo: “Dona Justiniana tava contando um segredo ao padre,e eu lá,de-junto,só assuntando…”

B

BASCUI: sujeira,entulho
BREBOTE (termo recordado por Cidinha Nunes): lanche essencialmente nativo do Sertão,vendido em barracas nos dias de feira. Exemplo: quebra-queixo,”batida” (alfenim sólido),etc.
BRECHANDO: espiando pela fresta da janela,às escondidas,ou pelo buraquinho da fechadura,etc. (por Fernando Vilar dos Santos)
BRUACA: mulher feia
BURUÇU: confusão

C

CACHETE: comprimido,cápsula medicinal
CAFUÇU: pessoa feia (colaboração de Margarida Leite)
CAPUCHO: algodão-doce (colaboração de Marta Bitú)
CAIXA-PREGO: lugar muito distante
CASCAVIAR: verificar,procurar com minúncia alguma coisa (muito usado por Carlinda Nunes)
CATITO: rato grande (lembrado por Chico de Laura)
CATREVAGE: coisa velha e sem valor
CONXIXINA: longe,distante (lembrado pela conterrânea Lívia)

D

DIORÓN (termo inventado por Titia Djanira): o mesmo que fiofó
DEDIN DE PROSA: conversa rápida e reservada (por Fernando Vilar dos Santos)
DO TEMPO DO RONCA: muito antigo,fora de moda,ultrapassado

E

ENCAICAR: apertar ou socar alguma coisa (por Margarida Leite)
ESCAFEDEU: sumiu,desapareceu
ESPRAGATADO: amassado,escoriado (usado sempre por Aline Cavalcante)
ESTRUPIAR: arrebentar,quebrar. Exemplo: “Felismina estrupiou seu chinelo indagorinha” (por Marcão Nunes)
ESTRUPÍCIO: pessoa ou coisa que dá trabalho

F

FIOFÓ: um pouco além da bunda. Exemplo: “Ô esse menino,vá tomar no fiofó,visse?”
FUÁ: bagunça; cabelo despenteado
FUBICA: carro velho (memorado por Chico de Laura)
FURDUNÇO: briga (termo enviado por Margarida Leite)

G

GAIA: traição. Exemplo: “Maricota Bunda de Tanajura botou gaia em Seu Chiquim dos Cachete”…
GALEGA DOS ÓI-AZÚ: estrangeira
GASGUITA: mulher de voz estridente
GOGA: mulher que se acha alguma merda
GOROROBA: alimento de baixa qualidade
GUENGRENA: porcaria (lembrado por Marcão Araújo)

I

IAPÔI…: é mesmo; e então… (lembrado por Márcia Leite,filha de João Galego e Nevinha)
INJIADO: o mesmo que engilhado,enrugado
INTERAR: completar. Exemplo: “Jão Catota interou com 5 pelegas meu courim de rato pra eu comprar xerém”

J

JABURU: mulher feia e de mau gênio
JOGAR NO MATO: jogar no lixo (contribuição de Raylena Torres)

L

LATUMIA: conversa sem controle,algazarra
LUXENTA: metida a rica

M

MA-FIA: minha filha,minha querida,meu bem (muito usado,em tom brincalhão,por minha saudosa mãe,Dona Socorro Patriota)
MANGAR: criticar,rir de uma pessoa imitando seu modo de ser (colaboração de Dona Lourdes Alves da Nábrega). Exemplo: “Seu Zeca tava mangando do jeito de andar de Dona Silibrina”.
MIOLO-DE-POTE: conversa fiada,descontraída
MULESTA-DOS-CACHORROS: ira,raiva

N

NEM POR CEM E UMA COCADA DE LEITE: de jeito nenhum! (por Martinha Bitu)
NÓ-CEGO: pessoa complicada

O

ÔXE: exclamação de surpresa ou indignação,mais rápida que o oxente… Exemplo: “Ôxe,agora lascô!… mas,menina,era só o que faltava!”

P

PACAIA: cigarro feito com palha e fumo de rolo
PASSADO NA CASCA DO ANGICO: pessoa madura,experiente
PERCURANDO: procurando (por Fernando Vilar dos Santos)
PINGUÇO: bêbado (por Margarida Leite)
PICINÊS: óculos
PIOLA: ponta de cigarro
POMBA-LESA: pessoa ingênua,abestalhada
PRESEPE: (de presépio) – pessoa vestida com espalhafato,”cheguei”
PROCOTÓ: (lembrado por Nininha Nóbrega) – o mesmo que barbeiro,inseto que provoca a doença de Chagas
PUSTEMA: pessoa desprezível

Q

QUENGA: mulher de comportamento condenável,prostituta

R

RABIÇACA: gesto de raiva com a cabeça (por Fernando Vilar dos Santos)
REVELAR: torcer o pé (lembrado por Aninha Vasconcelos)
ROLETA: (pronuncia-se com E aberto para diferenciar da roleta dos jogos): discussão seguida de briga corporal. Exemplo: “Eles pegaram a maior roleta na hora do recreio”.
RONCEIRO: lento,preguiçoso
RUDILHA: pano de apoio para carregar a lata d’água ou balaio na cabeça

S

SAI!…: usado com um gesto de mão,significa que alguém foge de certos assuntos,de algo que não lhe agrada. Exemplo: “Meu camarada,tu votas em fulano? Resposta: “Saaaiii!…”
SIBITO: pessoa magra
SILVIDO: quando se está comendo e se oferece à pessoa também aquela comida,em vez de “servido”. (Por fernando Vilar Santos).
SONSA: pessoa fingida
SURURU: confusão

T

TORAR: partir,disjungir. (Lembrado por Cida Nunes). Exemplo: “Zé Trincoso torou um pedaço do galho da juremeira”.
TRIBUFU: pessoa má
TRUPICÃO: tropeço

U

URUVAI: orvalho

V

VAGE: várzea; planície fértil e cultivada no vale. (colaboração de Eny Amorim)
VARA DE TIRAR COCO: pessoa alta e magra
VIGIA AÍ: veja aí. Exemplo: “Ô Ziferina,vigia aí aquele penico em riba da latrina,qué por mode eu verter água,num sabe?…”

X

XANHA: coceira no fiofó
XELELÉU: bajulador
XIRINGAR (lembrado por Nininha Nóbrega): expelir água,borrifar

Z

ZURÊIA: orelha

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s