Publicado em Dinara Pessoa, música, pastoril, PE

Apresentação da Camponesa


Décima sexta música do cd Pastoril, da etnomusicóloga Dinara Pessoa

Nota: a letra abaixo pode conter erros de transcrição. Ficaria muito agradecido se nos comentários figurassem as correções.

Apresentação da Camponesa

Eu sou uma camponesa
interessante catita.
Vá desculpando a franqueza
tenho graça e sou bonita

Eu sou uma camponesa
interessante catita.
Vá desculpando a franqueza
tenho graça e sou bonita

Sou feliz, sou venturosa
sou amada, sou querida.
Minha vida, é tão gostosa
oh! não há tão bela vida.

Eu sou uma camponesa
interessante catita.
Vá desculpando a franqueza
tenho graça e sou bonita

Eu sou uma camponesa
interessante catita.
Vá desculpando a franqueza
tenho graça e sou bonita

Sou feliz, sou venturosa
sou amada, sou querida.
Minha vida, é tão gostosa
oh! não há tão bela vida.

Anúncios

Autor:

Quando pequeno, era desses bebês bem gordinhos e todo encolhidinho em si. Meu tio não teve dúvidas: caburé, por parecer uma corujinha toda gorda, de asas fechadas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s