Poema de Rogaciano Leite


Trecho do poema Ceará Selvagem. Quem souber o restante, por gentileza, comente.

Aqui por estas areias
Já correram muitos pés…
Estalaram muitos arcos,
Vibraram muitos borés…
Estes garbosos coqueiros
São fantasmas de guerreiros
Que o tempo não quis matar!
Estas palmeiras delgadas
São índias apaixonadas
Por homens brancos do mar!

Anúncios

5 comentários em “Poema de Rogaciano Leite

  1. O livro Carne e Alma foi reeditado e esta em Itapetim a 10,00 Reais…qualquer coisa me liga 87 99927432 e ou fixo 87 38531478

  2. Procuro alguma obra de Rogaciano Leite, Poeta, escritor,jonalista filho de Itapetim ou São jose do Egito -PE . Poeta do meu tempo, Abraços Avelino . Lurival Betista, Otacilio seu irmão, o outro irmão não lembro o nome “Deu um branco”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s