O MAJESTOSO BAOBÁ MARIA GORDA


RETIRADO do incrível blogue Foi desse jeito que eu ouvir dizer – Vale a pena!

 

O MAJESTOSO BAOBÁ MARIA GORDA
“Sorte por longo prazo
a quem me beija e respeita
mas sete anos de azar
a cada maldade, a mim feita.”
(1627)

Na Ilha de Paquetá, no Rio de Janeiro, mais precisamente na Praia dos Tamoios, reside uma velha senhora de noventa e dois anos, chamada “Maria Gorda”. Lá ela vive placidamente, cercada de passarinhos, de frente para o mar. Ninguém a molesta. Conhecida de todos na ilha ela é respeitada e querida, um patrimônio de lugar.
Vinda de Manaus, em 1907, lançou suas raízes nos Tamoios, pelas mãos do Dr. José Caetano de Almeida Gomes, médico, professor e famoso pesquisador em Botânica. Começou a crescer e a engordar e tanto engordou que recebeu o apelido vigente até hoje: Maria Gorda. Título que não lhe causa o menor aborrecimento. Ela é gorda mesmo… Seu tronco já está com três metros de diâmetro, mas com o passar dos tempos ainda ficará mais encorpado, posto que suas irmãs de espécie chegam a viver trezentos anos e alcançam setenta metros de altura com diâmetro de oito metros!
Abençoada Maria Gorda! Abençoado baobá, trazido pequeno para Paquetá! Hoje, ereto, com suas grossas raízes e seus galhos imensos parece um gigante zelando por todos nós e pela terra que o acolheu.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s