Sobre o Museu de Cultura Sertaneja


Publicado em 21 de Julho de 2013

Museu de Cultura Sertaneja comemora um ano e lança exposição destacando as mulheres do sertão

Museu está aberto para visitação das 7h às 12h, e das 19h às 22hInaugurado há pouco mais de um ano, o Museu de Cultura Sertaneja, instalado no Campus Avançado Professora Maria Elisa de Albuquerque Maia, da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Cameam/Uern) em Pau dos Ferros, lançou na última quinta-feira, 18, sua segunda exposição. Intitulada “Mulheres Sertanejas”, a iniciativa objetiva destacar o papel das mulheres na cultura do sertão, através de objetos, livretos de cordel, equipamentos que resgatam a memória de um povo.

“Essa é a segunda exposição temática do Museu. A primeira destacou o homem sertanejo, e permaneceu aberta durante um ano. A expectativa é que esse novo trabalho também permaneça aberto à visitação durante um bom período, que pode ser um semestre, ou até mesmo dois, dependendo do acervo”, relata a professora Rosângela Bernardino, coordenadora do Museu de Cultura Sertaneja.

A docente explica que além da exposição, o Museu possui uma dinâmica de atividades desenvolvidas a partir de projetos de extensão executados em parceria com o Campus da Uern. “Existem projetos vinculados, como um que coordeno, em que são programadas, por exemplo, agendas de visitas das escolas do município, propostas oficinas, minicursos, organização de eventos, tudo isso em conjunto com os alunos da Universidade, que se mostram cada vez mais interessados em participar dessas iniciativas”, destaca.

Hoje o Museu conta em seu acervo com aproximadamente 200 peças, objetos típicos da cultura sertaneja, além de livretos de cordel, que foram doados pela própria população do Alto Oeste potiguar. “A aquisição de materiais para enriquecer ainda mais o nosso acervo continua. Tanto alunos quanto pais de alunos têm feito doações, e estamos abertos para quem quiser colaborar com essa importante ferramenta de preservação da memória local, que até aqui tem conseguido cumprir o seu papel”, afirma Rosângela Bernardino.

Desde que foi inaugurado, o Museu de Cultura Sertaneja recebeu aproximadamente 800 visitantes, um número considerado satisfatório pelos seus coordenadores. “Levando em consideração que o Museu é recente, só possui um ano, o número de visitas é bom, e elas ocorrem de forma frequente. Só temos motivos para comemorar”, diz a professora Rosângela Bernardino.
Quem quiser conhecer o acervo do Museu, idealizado pelo professor Ivanaldo dos Santos Filho e que conta com o apoio do Banco do Nordeste, pode se dirigir até o Cameam/Uern, localizado na BR-405, Km 153, bairro Arizona. As visitas podem ser feitas das 7h às 12h, e das 19h às 22h. “Toda a comunidade está convidada a nos visitar, serão todos bem-vindos, e com certeza ficarão encantados ao conhecer um pouco melhor essa cultura tão expressiva que é a cultura sertaneja”, conclui a coordenadora.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s