Antonio Nóbrega lança novo olhar ao popular em ‘Pai’

RETIRADO DO SITE Paraná Online

-x-x-x-x-x-

Antonio Nóbrega lança novo olhar ao popular em ‘Pai’

Publicação 06/05/2015 – 08h36 Atualizado 06/05/2015 – 08h36

Uma das características do trabalho de Antonio Nóbrega é a pesquisa por uma linguagem brasileira de dança que leve em conta as danças populares do País. E é essa a ideia presente em Pai, espetáculo da Companhia Antonio Nóbrega de Dança que estreia nesta sexta-feira, 8, como parte da programação do festival O Boticário na Dança.

“O que eu proponho é um tipo de coalizão, um casamento entre o mundo popular e aquele que se costuma denominar erudito”, explica o diretor e coreógrafo em entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo. Para ele, as danças populares brasileiras raramente consideram as técnicas tradicionais desta arte no Ocidente.

Para isso, Nóbrega associa as origens das danças a gêneros. “O universo popular brasileiro é das festas populares, da celebração, do entretenimento, que eu vejo como feminino”, diz, denominando como masculina a dança sistematizada, com técnicas. “Encontrei, então, na palavra ‘pai’ o melhor nome para o espetáculo”, afirma.

Brincante

Após lutar para conseguir manter sua sede na Vila Madalena, o Instituto Brincante, liderado por Nóbrega, deve deixar o local – que foi vendido para uma incorporadora – até dezembro, quando se muda para duas casas anexas ao prédio onde estava instalado. Apesar de ter tido alguns apoios, o instituto abriu um projeto na plataforma de crowdfunding Catarse para juntar verba de, pelo menos, R$ 100 mil. O valor é para custear a estrutura e o acabamento das novas instalações. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Anúncios

A luta de um Brincante

RETIRADO DO SITE Estadão, caderno de Cultura (caso seja necessário, REMOVO O ABAIXO – hecorjui@hotmail.com)

-x-x-x-x-x-x-

Instituto Brincante luta para manter a sua sede
GUILHERME SOBOTA – O ESTADO DE S. PAULO
08 Julho 2014 | 19h 06

Localizado na Vila Madalena, imóvel ocupado por grupo foi vendido e teatro-escola deve ter de desocupar o local

Vidal Cavalcante/Estadão
Há 21 anos no local, Nóbrega luta para salvar espaço

O tradicional espaço do Instituto Brincante, localizado na Rua Purpurina, no coração da Vila Madalena, está ameaçado: uma construtora comprou o terreno do atual proprietário (o espaço é alugado) e deve solicitar a desocupação do espaço em breve.
Fundado pelo músico, pesquisador, dançarino e coreógrafo pernambucano Antônio Nóbrega, o Instituto se denomina um espaço de conhecimento e assimilação da cultura brasileira, e por lá passam encenações, shows de música, cursos e oficinas sobre as mais variadas expressões artísticas do País.

Continuar lendo “A luta de um Brincante”

Antônio Nóbrega é finalista de premiação cultural

RETIRADO DO SITE Diário de Pernambuco
-x-x-x-x-x-x-
Pernambucano Antônio Nóbrega é finalista de premiação cultural. Artista concorre na categoria dança, e foi indicado por sua trajetória, além da criação da companhia de dança e do espetáculo Humus

 

Foto: Walter Carvalho/Divulgação
Foto: Walter Carvalho/Divulgação
Homenageado deste ano pelo carnaval do Recife, o músico, ator e dançarino pernambucano Antônio Nóbrega é finalista do Prêmio Governador do Estado para a Cultura, oferecido pela secretaria de Cultura do governo de São Paulo. O artista concorre na categoria dança, e foi indicado por sua trajetória, além da criação da Companhia Antônio Nóbrega de Dança e do espetáculo Humus. A premiação é de R$ 60 mil.

Por meio do site oficial, o público pode votar no artista até o dia 16 de fevereiro. Os vencedores serão revelados em uma cerimônia, no Theatro São Pedro, na capital paulista, em 24 de fevereiro. Concorrem com Antônio Nóbrega o Balé da Cidade de São Paulo, além dos artistas Janice Vieira, Jorge Garcia e Sandro Borelli.

Foto: Walter Carvalho/Divulgação
Foto: Walter Carvalho/Divulgação
Antônio Nóbrega

Nascido no Recife no 1952, filho de família de classe média, estudou violino na infância. Aos 18 anos, quando fazia parte da Orquestra Sinfônica do Recife, foi convidado pelo escritor Ariano Suassuna a integrar o Quinteto Armorial, braço musical do movimento que buscava criar uma arte erudita brasileira com raízes populares.

O espetáculo Humus marcou a estreia da Companhia Antônio Nóbrega de Dança, sediada em São Paulo. Na coreografia, 13 bailarinos evidenciam a fusão da tradição europeia com a cultura popular brasileira, presente em movimentos de frevo, capoeira, congada.Em 2013, Antonio Nóbrega comemorou 40 anos de carreira.

ANTONIO CARLOS NÓBREGA, O BRINCANTE DE MIL FACES

RETIRADO DO BLOG Musicaria Brasil – VISITEM!

-x-x-x-x-x-x-

ANTONIO CARLOS NÓBREGA, O BRINCANTE DE MIL FACES

Por Bruno Negromonte

Ao longo deste mês, mais precisamente no último dia 02 de maio, um dos artistas pernambucanos mais respeitados, tanto pela crítica quanto pela imprensa, completou 60 anos. Um artista que em cima de um palco possui um vigor jovial em suas performáticas apresentações. Ele canta, encena, dança tudo de maneira ímpar. Suas apresentações é a multiplicidade da cultura nordestina em diversos aspectos que vão, a princípio da música, porém perpassa pelo teatro, pela dança e outras formas de manifestações artísticas, pois mencionar o nome de Antônio Carlos Nóbrega é falar da multiplicidade da genuína cultura nordestina. Falo isso porque vejo Nóbrega é como uma espécie de rio que depois de sorver as caudalosas águas de diversos afluentes torna-se um imponente representante das mais autênticas manifestações do riquíssimo folclore do Nordeste brasileiro.

Continuar lendo “ANTONIO CARLOS NÓBREGA, O BRINCANTE DE MIL FACES”

Documentário: Os Brasileiros – Esse Nosso Matulão

RETIRADO DO sítio do SescTV – SescSP